Volume de processos de arbitragem causa mudança na política de resolução de conflitos

Notícias 15 Junho 2021

O Wall Street Journal publicou um artigo que analisa a recente mudança em políticas de resolução de conflitos por partes de algumas empresas como a Amazon. As empresas passaram mais de uma década a obrigar empregados e clientes a resolver litígios fora do sistema judicial tradicional, mas o recente volume de processos de arbitragem forçou-lhes a rever as suas políticas devido aos elevados custos processuais que implica.

O gigante retalhista fez a mudança nos seus termos de serviço depois de ser inundado com mais de 75.000 pedidos de arbitragem individuais em nome dos utilizadores do Echo, que desencadeou custos de dezenas de milhões de dólares em taxas a pagar pela Amazon ao abrigo das suas próprias políticas.

Outras empresas, como a Uber e DoorDash, foram também inundas por um volume elevado de processos de arbitragem. É "algo que a maioria das pessoas pensava que os advogados dos queixosos não tentariam ou poderiam tentar fazer".

 

Pode ler aqui  o artigo “Amazon Faced 75,000 Arbitration Demands. Now It Says: Fine, Sue Us” da autoria de Sara Randazzo, publicado pelo Wall Street Journal.

Outras Notícias de Interesse

Notícias 10 Agosto 2021

A admissibilidade de 'prova pirateada' em arbitragem internacional

Uma consideração emergente na arbitragem internacional é a utilização de provas adquiridas de forma ilegal. As provas obtidas ileg...
Eventos 27 Maio 2020

Tertúlias de Arbitragem Desportiva

"The future of sports arbitration in light of the Seraing and Pechstein sagas: Much ado about nothing, or still much to do."
Eventos 18 Outubro 2021

Webinar YAWP e Centro Asiático de Arbitragem Internacional sobre Comunicação Transcultural em Arbitragem Internacional

20 de outubro de 2021 YAWP - Young ArbitralWomen Practitioners  e o Centro Asiático de Arbitragem Internacional (AIAC) organizam um w...
Notícias 13 Maio 2021

Equipa Portuguesa da Faculdade de em 2º lugar na Willem C. Vis Moot

A equipa da Faculdade de Direito da Universidade Lisboa foi a 2ª equipa com a pontuação mais alta na argumentação oral geral da 28a ediç...
Notícias Julho 2020

Arbitragem e Litígios Tecnológicos

O Dispute Resolution Journal publicou uma análise da última década de arbitragem em litígios tecnológicos, que tem sofrido um rápido cresc...
Eventos 03 Dezembro 2021

Sessão Comemorativa do 10.º Aniversário da publicação da LAV

A evolução da situação epidemiológica e as novas regras de proteção da saúde pública decretadas pelo Governo aconselham a que a conferên...
Notícias 12 Agosto 2021

Hot topic: arbitragem e o ambiente: financiamento climático

Durante os próximos anos, veremos um aumento de projetos de desenvolvimento com enfoque na luta contra as alterações climáticas e, su...
Notícias 22 Abril 2021

Contencioso em plena pandemia _ a importância de investimento tecnológico na justiça

A Advocatus publicou recentemente uma entrevista à Sofia Martins, sócia da Miranda, para a rubrica “Como é fazer contencioso em plena pand...
Eventos 15 Setembro 2021

VII Pós-Graduação avançada em Direito da Arbitragem

16 de outubro 2021- 21 de maio 2022 A VII Pós-Graduação avançada em Direito da Arbitragem, organizada pela Faculdade de Direito da Uni...
Eventos 23 Novembro 2021

Convite APA - Sessão Comemorativa do 10.º Aniversário da Publicação da LAV

A Associação Portuguesa de Arbitragem tem o prazer de convidar V.Exa. a participar na conferência comemorativa dos dez anos da pu...
Notícias 15 Setembro 2021

Newsletter APA 2021-II

A Associação Portuguesa de Arbitragem publicou o sétimo número da Newsletter, o segundo do ano de 2021, sob coordenação da Sofia Ribei...
Notícias 13 Julho 2021

Sentenças clandestinas, assimetrias de informação, e igualdade de armas na arbitragem de investimento

O Investment Arbitration, Journal of Dispute Resolution, publicou recentemente um artigo que analisa o tema de transparência na arbitragem ...
Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.